Casa Máy > Diário em Off - Posts > crônicas > Falar e dirigir ao mesmo tempo

< voltar

Falar e dirigir ao mesmo tempo

Postado às 19:13 do dia 31/05/12

Um amigo meu, que também não dirigiu depois que tirou sua carteira de habilitação, tinha a mesma dificuldade que a minha: fazer curva, freiar, trocar marcha, acelerar e ainda olhar no espelho. Como ele, também acho esta uma habilidade invejável. Note que a pessoa que faz curva com carro de câmbio manual consegue executar cinco coisas ao mesmo tempo! É praticamente a habilidade de uma atleta de ginástica rítmica.

Quando a mim, curva é uma habilidade que só passou a ser natural quando mudei para o carro automático. Mas dirigi um corsinha manual. E fiz curvas, não é o máximo? Tudo bem que a 20 por hora, mas fiz!

Lembro que tinha pegado meu primeiro engarrafamento em Curitiba, na esquina da Dr. Faivre com a Conselheiro Araújo, aquele furdunço que desemboca no Círculo Militar. O corsinha era da minha instrutora, o anjo que me ajudou a dirigir depois de 20 anos sem pegar num volante. O clima estava tenso, eu tinha que controlar o carro apenas na embreagem e, entenda a situação: era meu primeiro engarrafamento no centro!

Esta minha instrutora falava, contava seus causos e eu achava bom que fosse assim, porque aliviava o stress. Quanto medo que eu tinha de bater no carro na frente! Mas eu também conversava com ela. Batíamos papo, o carro andava meio metro e parava, mais meio e parava. E continuávamos conversando.

A certa altura, ela parou e olhou bem na minha cara e percebeu minha aflição:

– Nossa, você quer que eu pare de falar? Isto atrapalha sua atenção?

Então me toquei de que eu possuía uma habilidade ímpar, que se manifestava mesmo diante de todo o medo que eu tinha de pôr as mãos num volante: eu sabia dirigir e falar ao mesmo tempo.

Ah, puxa vida: eu podia não ser boa em rampa, em curvas, deixava o carro morrer. Mas falar e dirigir ao mesmo tempo, bá, sensacional! Porque sou mulher, evidente. Nós fazemos qualquer coisa falando ao mesmo tempo. Ver TV: podemos falar o tempo todo e ainda entender a história. Comer: podemos falar o tempo todo e ainda manter a classe de não arrotar. Sexo? Fala sério; nem vou responder de tão óbvio.

Virei para o anjo de minha instrutora e lhe disse que continuasse falando, que estava tudo bem. Passamos finalmente pelo Círculo, entramos na Marechal e saí da aula realizada: eu tinha enfrentado o trânsito, levado minha primeira buzinada e podia relatar toda a experiência em live streaming. Falar e dirigir ao mesmo tempo é o máximo!

PS: Mas não ao celular. Segurar um celular enquanto se está dirigindo, como dizia Oprah Winfrey, is stupid! Use bluetooth ou simplesmente não fale, caramba!

Posts Relacionados

Comentários

Galeria de Fotos do Pinterest

Assinar Newsletter