Casa Máy > Diário em Off - Posts > ecologia > Sustentabilidade também na comunicação digital

< voltar

Sustentabilidade também na comunicação digital

Postado às 16:43 do dia 24/07/19

SUSTENTABILIDADE APLICADA ÀS COMUNICAÇÕES DIGITAIS

Tendemos a achar que sustentabilidade é uma coisa de apenas separar lixo reciclável, de não usar agrotóxicos (há um debate aqui, mas não entrarei no mérito), de privilegiar energia de baixo carbono, de diminuir o consumo (é muito sobre diminuir o consumo).

Pensamos menos em sustentabilidade aplicada às comunicações e interações digitais que fazemos no dia a dia. É sobre isso que quero falar.

Uma coisa invisível em cada mensagem que trocamos pelo whatsapp ou em cada postagem que fazemos em redes sociais é o gasto energético pra se manterem centenas de centros de processamento de dados em todo o mundo. Computadores esquentam – e devem ser resfriados, ou bau bau.

Quando postamos algo irrelevante (nossa própria opinião, inclusive esta minha agora), quando postamos mensagens duplicadas (como com as ferramentas que ao mesmo tempo publicam em Insta e no Face), quando postamos mensagens a um público que não tem, a princípio, interesse em ouvir nossa opinião, estamos impondo mais gasto energético aos centros de processamentos de dados das redes que usamos ao redor do mundo.

Você talvez ache que isso é pouco, que esta seja uma preocupação boba. Sim, diante dos grandes vilões da sustentabilidade, estas atitudes que tomamos no dia a dia têm um impacto pequeno. Mas se o impacto é pequeno no grande problema, é imenso em nosso psiquismo.

Se pudermos diminuir o consumo daquilo que temos mais prontamente disponível – informação (bits e bytes) – talvez consigamos diminuir o consumo de outras coisas também. Sobretudo, teremos diminuído o consumo energético pra processar a irrelevância de nossas opiniões, a duplicidade de nosso marketing, o acesso dispendido de nossos contatos ao material que lhes impomos.

Evidentemente, não se trata de parar de usar as redes sociais, o whatsapp e o email. Trata-se de aplicar a regra máxima de sustentabilidade ao que postamos:

– Minha postagem respeita limites?

Que limites são estes?
– Limite da necessidade;
– Limite da relevância;
– Limite do ineditismo;
– Limite da aceitabilidade.

Se a mensagem não for necessária pra quem a ler – gasta-se energia à toa; se ela não tiver relevância pra quem a ler – gasta-se energia; se não for inédita a ponto de fazer alguém a ler – gasta-se energia; se não for aceita por quem a ler – gasta-se energia.

Na prática, o que é sustentável em termos de comunicações digitais se resume a:
RESPEITE a finalidade de um grupo de whats ou facebook: apenas publique sobre o tema do grupo;
NÃO DUPLIQUE suas postagens automaticamente pelas redes sociais;
MANTENHA OPINIÕES PESSOAIS circunscritas a sua própria timeline.

Pense a respeito.

Beijo, Mayra.

Escrito por Mayra Corrêa e Castro (C) 2019

Posts Relacionados

Comentários

Galeria de Fotos do Pinterest

Assinar Newsletter