Casa Máy > Aromaterapia > A laranjeira: uma árvore, três óleos essenciais diferentes

< voltar

A laranjeira: uma árvore, três óleos essenciais diferentes

Postado às 08:21 do dia 09/06/11

(Este artigo foi escrito originalmente para o Jornal do Juvevê, edição de maio de 2011.)

A Laranjeira: Uma árvore, Três Óleos Essenciais Diferentes.
por Mayra Corrêa e Castro

Os óleos essenciais podem ser extraídos de diversas partes de uma planta. Raízes, tronco, caules, cascas e resinas produzem óleo essencial. Também os frutos, folhas e flores contêm óleo essencial. Entretanto, é difícil termos uma mesma planta que dê óleos essenciais com características químico-olfativas distintas quando extraídos de suas diferentes partes.

Este é o caso da laranjeira, que considero uma árvore extraordinária para a aromaterapia. A laranjeira produz três tipos de óleo essencial: aquele extraído por prensagem a frio das cascas da laranja; outro extraído por destilação a vapor das folhas, pecíolos e botões; e o óleo essencial extraído por destilação das flores.

Ao primeiro óleo, encontrado na casca da fruta, dá-se o nome de “óleo essencial de laranja”. Dependendo da subespécie de laranja, teremos um óleo essencial com aroma mais doce ou mais amargo. Este óleo é um campeão de audiência, porque seu aroma cítrico agrada a todo mundo, podendo ser usado para aromatizar ambientes profissionais, domésticos, frequentados por adultos ou crianças, sempre levando alegria, relaxamento e calor às pessoas.

Já o óleo essencial extraído das folhas e botões é chamado de “petitgrain”. Possui característica cítrica, mas já tende a ter uma nota herbácea e floral que o óleo extraído da casca. O petitgrain é muito apreciado na perfumaria e na cosmética, seja por seu aroma versátil, seja por suas propriedades para a pele. Como este óleo é mais difícil de ser extraído e dá um rendimento menor que o óleo prensado da laranja, alcança um valor superior no mercado.

O suprassumo da laranjeira é mesmo o óleo extraído de suas flores, conhecido como “néroli” ou “nerolí”. Intenso, floral, envolvente, o néroli é um aroma inebriante. Se você cheirar o óleo de laranja, jamais poderá supor que o néroli é extraído da mesma árvore, tão diferentes são entre si. O óleo essencial da flor da laranjeira é usado sobretudo na perfumaria. Em casa, podemos usá-lo para situações de extremo stress, ansiedade, medo ou para uma noite romântica. O único senão ao néroli é seu preço: como sua extração é delicada e de baixo rendimento, chega a um valor muito alto para que possamos usá-lo à vontade. Ao contrário, o óleo de laranja, sendo um subproduto da indústria do suco concentrado, é barato e dele podemos usar a abusar.

Posts Relacionados

Comentários

Galeria de Fotos do Pinterest

Assinar Newsletter